Em Natal, órgãos da prefeitura reforçaram fiscalização contra aglomerações

Após o panorama recente de aumento do número de casos e ocupação de leitos públicos para tratamento da Covid-19, a fiscalização contra aglomerações foi reforçada. Órgãos da Prefeitura do Natal agiram no final de semana para verificação do cumprimento das normas estabelecidas nos decretos municipais para combater e prevenir a proliferação do novo coronavírus segue acontecendo em toda a cidade. Na noite desse sábado (05), diversos estabelecimentos nas zonas Norte e Sul da capital potiguar passaram pela inspeção das equipes da força-tarefa. Nenhuma ocorrência mais grave foi verificada.

Na zona Norte, os bares, lanchonetes e restaurantes na avenida Itapetinga e no Parque dos Coqueiros foram fiscalizados. Os fiscais fizeram pequenos
apontamentos sobre o distanciamento entre as mesas. Nenhum tipo de
aglomeração foi registrado. Na zona Sul, as equipes da PMN passaram pelos bares da avenida Prudente de Morais, Integração e Ponta Negra. Na região, também foi realizado o trabalho de orientação e apenas um estabelecimento precisou afixar cartazes informativos nos banheiros para alertar os clientes.

Participaram da fiscalização equipes da Semsur, Semdes, Procon Municipal,
Semurb, STTU e Guarda Municipal. Segundo a Semurb, desde o início da
pandemia já foi realizada uma série de notificações e intimações de vários
estabelecimentos, mas alguns locais continuam a desrespeitar as normas. “A partir de agora, a fiscalização vai endurecer o tratamento. Os bares, casas noturnas, recepções e buffets que estiverem provocando aglomerações e descumprindo as regras de distanciamento social e sanitárias impostas nos decretos serão interditados por tempo indeterminado”, alertou o supervisor geral de Fiscalização
Ambiental da Semurb, Leonardo Almeida.

Caso algum estabelecimento já tenha sido notificado e permaneça desobedecendo as regras, além da interdição total das atividades, será aplicada uma multa gravíssima com valor inicial de R$ 8.132 podendo chegar a R$ 40.260. Já os locais que ainda não foram notificados, se forem flagrados desobedecendo, além da interdição total, será aplicada a multa grave que pode chegar a R$ 8.052.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close