RN tem 2.834 casos notificados de dengue em 2020 segundo o Ministério da Saúde

O Rio Grande do Norte apresenta 2.834 casos prováveis de dengue em 2020. Os dados são do boletim epidemiológico do Ministério da Saúde e levam em consideração os números apresentados por cada estado no período compreendido entre 29 de dezembro de 2019 a 14 de março de 2020.

No Brasil, já são 390.684 notificações.  O Norte com 11.785 e o Nordeste com 23.865 são as regiões com menor índice, embora os números sejam altos para o curto período analisado. O Sudeste registrou a maior incidência com 157.878. Em proporcionalidade, o Nordeste tem 41,8 casos por cada 100 mil habitantes,  e o RN tem 80,81/100 mil habitantes. Entre os estados nordestinos, o RN fica na 4ª posição, Bahia vem em primeira com 9.726 casos.

Em relação à chikungunya, o Rio Grande do Norte apresentou 574 notificações. O Nordeste, segunda região do país com maior incidência, tem um total de 3.833 casos. O Sudeste tem a maior incidência com 5.981. O total de casos no território nacional no mesmo período é de 11.453.

A zika tem 1.395 casos notificados como prováveis, uma taxa de 0,66 por 100 mil habitantes no Brasil. Nordeste o número está em 466 casos, deste, o RN é responsável por 51, com um percentual de 1,45 por 100 mil/habitantes.

taxa de incidência 0,66 casos por 100 mil habitantes) no país. A região Centro–Oeste apresentou a maior taxa de incidência(1,58 casos/100 mil habitantes), em seguida as regiões Norte (taxa de incidência 0,94 casos/100 mil habitantes), Nordeste (taxa de incidência 0,82 casos/100 mil habitantes), Sudeste (taxa de incidência 0,49 casos/100 mil habitantes) e Sul (0,20 casos/100 mil habitantes).

óbitos

São 106 mortes confirmadas por dengue e mais 182 em investigação. Por critério laboratorial foram 80 sendo (30 no Paraná, 25 em São Paulo, 13 no Mato Grosso do Sul, 5 no Mato Grosso, 3 no Distrito Federal, 1 em Goiás, 1 no Rio de Janeiro, 1 no Acre e 1 no Amazonas) e 26 por clínico-epidemiológico (15 no Paraná, 3 no Mato Grosso do Sul, 2 em Minas Gerais, 2 em São Paulo, 1 no Acre, 1 no Amazonas, 1 no Rio de Janeiro e 1 em Goiás). No Rio Grande do Norte nenhuma morte confirmada.

A letalidade da doença está mais concentrada na faixa etária acima de 60 anos com percentual de 60,4% dos óbitos confirmados (64 óbitos) por dengue. Em relação à chikungunya, foram confirmados três óbitos por critério laboratorial, um no estado da Bahia (faixa etária: 50 a 59 anos), um no Rio de Janeiro (faixa etária: menor de um ano) e um no Mato Grosso (faixa etária: 20 a 29 anos). Dentro da faixa de risco, os idosos acima de 80 anos foram os mais acometidos.

Arboviroses são doenças causadas por arbovírus transmitidos por artrópodes como o Aedes aegypti. Considerando as altas infestações desse vetor, as arboviroses constituem-se em um dos principais problemas de saúde pública no mundo. O período de verão, no caso do Rio Grande do Norte, a quadra chuvosa, é a estação com maior registro de casos. Período de circulação simultânea dos 4 sorotipos do vírus dengue e dos vírus chikungunya e Zika.

As Arboviroses urbanas apresentam diversos sinais clínicos semelhantes, dificultando a suspeita inicial específica para cada arbovirose pelo profissional de saúde. Nesse contexto, os profissionais de saúde devem estar atentos aos seguintes sintomas: Febre alta (39º a 40ºC) de início abrupto e com duração de 2 a 7 dias, associada à cefaleia, astenia, mialgia, artralgia, e dor retro-orbitária. Exantema, com ou sem prurido em face, tronco e membros em palmares e plantares. Anorexia, náuseas, vômitos e diarreia.

A prevenção é evitar o acúmulo de água parada, local onde há o desenvolvimento do agente etiológico transmissor das doenças.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close