Parnamirim: Vereadora Fativan Alves cobra à Prefeitura retomada das cirurgias eletivas com urgência

potiguar

Diante do descaso do Poder Executivo onde publicou a Portaria N° 030 de 19 de novembro de 2019, Diário Oficial do Município 2913, Art. 1º  – manter suspensas as cirurgias eletivas, ficando determinada apenas a realização de partos no Município. a vereadora Fativan Alves apresentou em Sessão Ordinária a Indicação N° 084/2020, exigindo em caráter de urgência que a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, retome a realização da cirurgias eletivas no Município.

“Os procedimentos cirúrgicos eletivos fazem parte da rotina dos atendimentos dos serviços de saúde do SUS e têm financiamento assegurado pelo repasse mensal de recursos de média e alta complexidade, enviados de forma regular e automática a todos os municípios brasileiros. Cabe ao Prefeito Rosano Taveira a organização e a definição dos critérios regulatórios que garantam o acesso da população aos serviços básicos referentes a saúde”, declarou.

“Melhorias na saúde pública municipal é uma bandeira que defendemos desde o inicio de nosso mandato, mais de 900 pessoas esperam na fila  por uma cirurgia, isso é uma vergonha para a 3° maior cidade do estado do RN, vamos continuar nossa fiscalização e cobranças ao Executivo Municipal em busca de proporcionar um atendimento digno e de qualidade a população parnamirinense”, assinalou a vereadora.

Fonte: Potiguar Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close